­

Gracio logo 2019 loja

Carrinho vazio

Isabel Azevedo

Nota biográfica

Doutora em Letras Clássicas e Vernáculas pela FFLCH da Universidade de São Paulo, mestre em Comunicação e Letras pela Universidade Presbiteriana Mackenzie (SP), graduada em Pedagogia pela Universidade de São Paulo e Letras. Realiza pós-doutorado na Universidad de Buenos Aires (UBA), sob a coordenação de María Alejandra Vitale. Atualmente é professora efetiva da Universidade Federal de Sergipe (UFS) no Departamento de Letras Vernáculas (DLEV). No PROFLETRAS, atuou como coordenadora, entre 2017 e 2019, e ministra as disciplinas Aspectos sociocognitivos e metacognitivos da leitura e escrita e Gêneros Discursivos/Textuais e Práticas Sociais; na graduação, trabalha nas seguintes disciplinas: Linguística, Análise do Discurso, Introdução às Teorias do Discurso, Sociolinguística, Língua Portuguesa e Legislação e Ensino. Líder do grupo de pesquisa GPARA (Grupo de Pesquisas em Argumentação e Retórica Aplicadas), tem concentrado a pesquisa na área de Linguagem, com foco nas teorias do discurso e da argumentação, e Educação, com trabalhos publicados em torno dos seguintes temas: ensino-aprendizagem da argumentação, ensino de leitura e literatura, produção textual, linguística aplicada, análise do discurso e formação de professores. Desenvolve projetos de extensão em parceria com a Secretaria de Educação (SE) e com escolas públicas de diferentes municípios em torno da leitura em perspectiva interdisciplinar. No período de 2016/2020, irá colaborar com o Grupo de Estudos Linguísticos do Nordeste ? GELNE, compondo o Conselho Titular. Trabalhou como professora substituta de Língua Portuguesa na Pontifícia Universidade Católica do Paraná (Câmpus Curitiba) e foi Diretora Educacional de dezesseis colégios da Rede Marista da Província Marista Brasil Centro-Sul. Até 2007 foi responsável pela direção educacional do Colégio Marista Arquidiocesano de São Paulo e, antes disso, atuou como assessora psicopedagógica na Associação Brasileira de Educação e Cultura por três anos, tendo também ministrado aulas na educação básica. 

Eduardo Lopes Piris

Nota biográfica

Possui graduação em Letras/Português pela Universidade de São Paulo (2001), mestrado em Semiótica e Linguística Geral (2006) e doutorado em Letras pela mesma Instituição (2012), tendo realizado estágio pós-doutoral no Departamento de Linguística da Universidade Federal de São Carlos (2013-2014). Atualmente, realiza estágio pós-doutoral no Instituto de Linguística da Universidade de Buenos Aires. Lecionou Língua Portuguesa na rede oficial de Ensino Básico em São Paulo (2000-2008) e também nos cursos de Letras e de Pedagogia da antiga Faculdade Montessori de Ibiúna (2007-2009). Desde 2010, é docente do Departamento de Letras e Artes da Universidade Estadual de Santa Cruz, onde coordena o Programa de Divulgação de Estudos sobre Discurso e Argumentação (ProEDA) e o Grupo de Pesquisa "Estudos de Linguagem, Argumentação e Discurso" (ELAD). É coeditor da Revista Eletrônica de Estudos Integrados em Discurso e Argumentação (EID&A). É coordenador do GT Argumentação, criado em 2017 na ANPOLL. É membro permanente do Programa de Pós-Graduação em Letras "Linguagens e Representações" e do Mestrado Profissional em Letras (PROFLETRAS), do qual é coordenador. Desenvolve pesquisa sobre discurso, argumentação e interculturalidade no ensino de línguas, coordenando o projeto "Construção de saberes relativos ao ensino de português como língua materna e como língua estrangeira". Além do trabalho autoral, também é tradutor, tendo participado da equipe de tradução do livro "A argumentação no discurso", de Ruth Amossy, e traduzido artigos e capítulos de autores como Maingueneau, Amossy, Paveau, Doury, Vitale, Plantin.

­
© 2010-2021 Grácio Editor | Livraria online