­

Gracio logo 2019 loja

Carrinho vazio

Joaquim Braga

Nota biográfica 

Qualificações Académicas Doutoramento em Filosofia, Humboldt-Universität zu Berlin, Philosophische Fakultät I, 2010. Licenciatura em Filosofia, Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra, 2002. Áreas de Investigação Estética, Filosofia da Arte, Filosofia da Imagem, Filosofia da Cultura, Ernst Cassirer, Teoria dos Sistemas, Filosofia dos Media, Filosofia Moderna, Filosofia Contemporânea. Principais Publicações J. Braga/E. Pires (Eds), Bernard de Mandeville’s Tropology of Paradoxes: Morals, Politics, Economics, and Therapy, Studies in History and Philosophy of Science, Vol. 40, New York, Dordrecht, London, Springer Verlag, 2015. J. Braga, Símbolo e Cultura, Coimbra, Grácio Editor, 2014. J. Braga/C. Möckel, (Hrsg.), Rethinking Culture and Cultural Analysis- Neudenken von Kultur und Kulturanalyse, Culture Discourse History, vol. 3, Berlin, Logos Verlag, 2013. J. Braga/C. Carvalho, (Eds), Leituras da Sociedade Moderna. Media, Política, Sentido, Coimbra, Grácio Editor, 2013. J, Braga, Die symbolische Prägnanz des Bildes. Zu einer Kritik des Bildbegriffs nach der Philosophie Ernst Cassirers, Freiburg, Centaurus Verlag, 2012. J. Braga, Mediação e Exemplificação. Da discursividade da Chamada “Arte Interactiva”, In: Domínios e Dispositivos Técnicos, Tecnológicos e das Tecnologias e(m) Discurso: A Formação dos Conceitos, Editado por Ismara Tasso, Campinas, Editora Pontes, Colecção Linguagem e Sociedade, 2015. J. Braga, Remarks on Virtuality. I – The metaphor and the mythological bond, In: European Academic Research, Vol. II, Issue 12, March, pp. 15185-15195, 2015 J. Braga, Negação e Virtualização em Niklas Luhmann, In: Revista Filosófica de Coimbra, Coimbra, Vol. 24, Nº48, Coimbra, pp. 463-496, 2015. J. Braga, Pathology of Sequentiality. On the Interpenetration of Structures of Thought and Knowledge Transmission Media, In: DEDiCA, Revista de Educação e Humanidades, Nº. 8, Universidad de Granada, pp. 15-25, 2015. J. Braga, Caracterológico e atmosférico. Dos processos proto-semiósicos fisiognómicos, In: Biblos: Estética e Política, FLUC, Universidade de Coimbra, pp. 233-250, 2014.

Cláudio Carvalho

Nota biográfica 

Qualificações Académicas Doutoramento em Ética e Filosofia Política, Universidade de Coimbra, 2012. Licenciatura em Filosofia, Universidade de Coimbra, 2006. Áreas de Investigação Bases Filosóficas das Concepções Terapêuticas, Ética e Filosofia Prática, Teoria dos Sistemas, Psicanálise, Filosofia da Família e do Género. Principais Publicações C. A. S. Carvalho, On the significance of Galen’s concept of Hegemonikon and its role in the therapy of passions (forthcoming). C. A. S. Carvalho, Subjectividade, Semântica e Estruturas da Vida Íntima. Investigações em torno dos conceitos de Família e Género da Sociedade Moderna, Porto: Fundação Engenheiro António de Almeida, 2016. C. A. S. Caravalho, “Illusions of self-control and the weakness of the will in contemporary treatment of addictions.” Pólemos. Materials of philosophy and social criticism. The Illusions of Collective Mind. (Accepted for publication, Spring 2016). C. A. S. Carvalho, Mandeville and the therapeutics of melancholic passions, in Bernard de Mandeville s Tropology of Paradoxes: Morals, Politics, Economics, and Therapy, ed. Edmundo Balsemão Pires & Joaquim Braga, Berlin: Springer, 2014, pp.147-166. C. A. S. Carvalho, “Therapeutic intervention and high-order adjustments of recursion”. Journal of Sociocybernetics. Special Issue. (December 2015). & Braga, Joaquim (eds.). Leituras da Sociedade Moderna. Media, Política, Sentido, Coimbra: Grácio Editor, 2013. C. A. S. Carvalho, “A theoretical inquiry into the role of enaction in Cybertherapy”. ACM Digital Library. TEEM '15. DOI: http://dx.doi.org/10.1145/2808580.2808588 C. A. S. Carvalho, “O Problema XXX e o tratamento da condição melancólica em Aristóteles” Revista Filosófica de Coimbra. Nº 46, 2015, pp. 27-78. C. A. S Carvalho, “A construção da vivência da paixão nas Lettres Portugaises. Aspectos da semântica literária, médica e moral”, Biblos. Revista da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra. Estética e Política. Coord. E. Balsemão Pires. Nº XI, 2013, pp. 75-120. C. A. S. Carvalho, “Significance and Framing of the Gender factor in the Reproduction of Intimate partner violence”. DEDICA. Revista de Educação e Humanidades. Nº 1, 2011, pp. 383-403.

 

­
© 2010-2021 Grácio Editor | Livraria online